Print Friendly, PDF & Email

Quando todas as vasilhas estavam cheias, ela disse a um dos filhos: Traga-me mais uma. Mas ele respondeu: Já acabaram. Então o azeite parou de correr2 Reis 4.6

Eis uma família normal que passou por momentos difíceis e o exemplo desta família pode ajudar a nossa família. Você só poderá ser ajudado se reconhecer que precisa de ajuda; muitos enfrentam dificuldades porque são orgulhosos. A mulher procurou ajuda na pessoa certa. Ela vai ao profeta e conta sua dificuldade. Infelizmente, muitos procuram ajuda nas pessoas erradas e se frustram.

Ela dá bom testemunho do marido. Como está faltando bom testemunho! Se minha família não der bom testemunho de mim, tudo fica pior. Ela foi coagida a trocar a benção pela dívida. Os credores queriam os filhos em troca da dívida. Ela não trocou, não negociou seus filhos, suas bênçãos. Não negocie sua fé!

O profeta dá-lhe instruções e ela não reclama, não acha estranho, apenas obedece, mesmo não entendendo muito bem a ordem do profeta. Lembra-se de Abraão? Saiu em obediência sem saber para onde iria. “Sai da tua terra e vai para um lugar que eu lhe mostrarei”, disse o Senhor.

A ordem era: vai e arruma muitos vasos. Isso gerou expectativa, mesmo não sabendo o que iria acontecer. Que tipo de expectativas estamos gerando em casa, no trabalho, no ministério, na cidade? Feche a porta com teus filhos e “deite” o óleo. Têm coisas que é só entre você e Deus – no seu quarto. Não dá para contar a todos, pois para motivar existem poucos, mas para desmotivar não falta gente.

Deus ainda tem azeite. O azeite ainda não acabou. Mas não é para qualquer um – apenas para os que lhe obedecem. Deus tem azeite para quem tem coragem, Deus tem azeite para quem ama quem não merece – isto é graça e Deus tem azeite para quem vê o invisível – isto é fé.

por Carlos Gomes, Pastor

A provisão de Deus é para quem O obedece.

Fonte: Devocionário O Brasil Para Cristo (www.editoraobpc.com.br)

Comentários

comentários