Print Friendly, PDF & Email

Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amorEfésios 1.4

Quando cremos em Jesus, Romanos 10.9, 10 e o recebemos como Senhor e Salvador, João 1.11-12, o Espírito Santo opera o milagre da regeneração, Tito 3.5. Depois de nascermos de novo, 1 Pedro 1.23, a “natureza de Deus” é implantada em nosso ser, 2 Pedro 1.4. Neste momento somos justificados ou “declarados justos” por Deus, sem culpa, livres de condenação, Romanos 8.1, a fim de vivermos para Deus, Romanos 6.4.

Paulo escreveu aos Efésios que Deus nos escolheu em Cristo Jesus para sermos inteiramente DEle a fim de: “…sermos santos e irrepreensíveis perante ele…Efésios 1.4, mas não poderíamos ser santos sem primeiro ser salvos, por isso o apóstolo reiterou: “no qual (no Amado) temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graçaEfésios 1.7. Portanto, a santificação deriva da Redenção operada por Jesus Cristo no Calvário.

A obra de Deus na vida daquele que NEle crê, prossegue além da sua salvação. É certo dizer que o Senhor Jesus “continua” a nos salvar por meio da santificação, Tiago 1.21, com isso queremos dizer que a santificação objetiva arrancar do nosso ser qualquer vestígio do “velho homem”, Efésios 4.22. Esse processo dura por toda vida e Deus substitui o nosso modo antigo (de antes da conversão) de pensar, falar e principalmente agir, por meio da renovação da mente, Romanos 12.2, que é um dos mais importantes aspectos da nossa santificação.

Curiosamente, Paulo se refere aos crentes, em suas cartas, como “santos”, ex: 2 Coríntios 1.1; Efésios 1.1. Sobre isso a Bíblia de estudo MacArthur traz a seguinte nota de rodapé extraída do texto de 1 Coríntios 1.2: “Não se refere a um religioso em especial ou uma pessoa reverenciada, canonizada por um corpo eclesiástico, mas a todos quantos que, pela salvação, foram santificados, ou seja, separados do pecado em Cristo Jesus cf. Gálatas 1.6; Efésios 4.1, 4;…SBB; 2011; p. 1527.

por Walter Bastos, Pastor e Escritor

Sem a experiência da conversão, não podemos ser santos.

Fonte: Devocionário O Brasil Para Cristo (www.editoraobpc.com.br)

Comentários

comentários